Não é só entre os humanos que a alimentação saudável está em alta, entre os pets também! Muitos tutores de animais de estimação têm substituído a ração ou incluído na alimentação de seus bichinhos outros tipos de alimentos. Para não colocar a vida do cão em risco é preciso, antes de mais nada, saber como fazer comida para cachorro.

Normalmente, as comidas saudáveis para cães são preparadas com os mesmos alimentos que as comidas das pessoas. Elas podem levar diferentes tipos de carnes, vegetais e grãos. Porém, nem tudo que vai ao prato dos seres humanos pode ser levado ao potinho dos pets, muito pelo contrário.

Existem diversos alimentos que podem fazer extremamente mal para os nossos amiguinhos de quatro patas. Justamente, por isso, dedicar um tempinho para pesquisar como fazer comida para cachorro e, principalmente, o que eles podem ou não comer é essencial.

Assim, você garante o que realmente está buscando, que é uma alimentação saudável e balanceada, e evita dores de cabeça com o seu cãozinho.

O que um cachorro não pode comer

mulher dando comida para cachroro dálmata

A comida para cachorro deve ser levada à sério, pois há muitos alimentos que eles devem evitar.

Alguma vez você já parou para pensar que o seu alimento preferido pode ser um verdadeiro veneno para o seu pet? É isso mesmo! Por mais naturais que sejam, alguns itens que ingerimos simplesmente não podem ser consumidos pelos bichinhos de estimação.

Por isso, antes de ensiná-lo como fazer comida para cachorro, nós queremos apresentar uma lista de alimentos que você tem que deixar de fora da alimentação do seu amiguinho.

E atenção! Mesmo se ele fizer aquela carinha conquistadora de cãozinho sem dono, você deve resistir e não dividir com ele o seu alimento ou lanche!

Confira, então, quais são os alimentos proibidos para cachorro:

Café

Adora um cafezinho? Pois então, aprecie bem longe do seu pet. Isso porque, essa bebida (ou alimentos que levam esse ingrediente) possui cafeína, que pode causar desde hiperatividade até tremores no seu cãozinho.

Vale lembrar que o chá mate também possui um alto nível de cafeína e, por isso, não pode ser dividido com o seu melhor amigo.

Chocolate

Muita gente sabe que chocolate e cachorro não combinam, mas nem todas sabem o motivo disso. O fato é que, além de possuir cafeína, o chocolate contém teobromina, uma substância encontrada no cacau que, nos animais, causa intoxicação.

Outro ponto que faz com que não apenas o chocolate, mas qualquer outro tipo de doce seja proibido para os cães é o fato de este tipo de alimento poder causar os mesmos efeitos que causam nos humanos, quando consumidos em excesso: obesidade e diabetes.

Abacate

A salada de frutas é uma ótima opção para aliviar o calor do seu cãozinho no Verão e mantê-lo saudável. Porém, é importante lembrar que não é qualquer alimento que os bichos de estimação podem comer. Alías, existem vários alimentos que os cachorros devem evitar.

Quer saber como fazer comida para cachorro, ou melhor, como fazer a melhor salada de frutas sem trazer riscos para o seu amiguinho? Nada de adicionar abacate no potinho. Essa fruta possuí uma substância, a persina, que é inofensiva para os humanos, mas muito perigosa para os pets.

Se o seu animalzinho comer abacate, ele pode ter problemas intestinais, como diarreia e vômito. Por via das dúvidas, melhor evitar, não é mesmo?

Massa crua

Aqui vai mais uma dica importante sobre como fazer comida para cachorro: nada de incluir massa crua, seja ela de bolo ou de pão!

Antes de serem assadas, essas massas passam por um processo de fermentação alcoólica e este álcool pode causar um sério problema de intoxicação ao seu pet.

Então, você já sabe: massa crua, nem se for só uma provinha ou um “petisquinho” para o seu amigão.

Uva

Aqui está mais uma fruta proibida para o seu pet! A uva possui uma substância que pode levar à falência dos rins do seu cãozinho.

Seja in natura ou passas, a uva deve ser rigorosamente evitada, uma vez que o consumo de um número pequeno desta fruta pode trazer um dano enorme para a saúde dos cachorros.

Cebola

Quer mais uma dica de como fazer comida para cachorro? Deixe a cebola de fora do menu!
A cebola possui dissulfeto de n-propil, uma substância que dificulta que o organismo do seu cãozinho receba oxigênio. Os efeitos disso são: anemia, fraqueza, falta de apetite, desmaios e, em casos mais extremos, necessidade de transfusão de sangue.

Leite

O leite não é exatamente um ingrediente proibido, mas é sempre bom evitá-lo! Muitos cachorrinhos possuem intolerância à lactose e, se o seu pet for um deles, ele pode acabar tendo problemas de estômago, diarreia e vômitos – só por causa deste alimento, que parece ser tão inofensivo.

Alho

Assim como a cebola, o alho é mais um ingrediente que tem que ficar bem longe da panela de quem quer saber como fazer comida para cachorro.

A substância proibida desse alimento é o tiossulfato. Por poder causar anemia, o mais indicado é que você deixe o alho de fora da dieta do seu bichinho de estimação.

Alimentos gordurosos

Na nossa lista de alimentos proibidos, a última dica para saber como fazer comida para cachorro é não incluir nenhuma fritura ou gordura no menu do seu pet. Isso porque esse tipo de alimento pode fazer com que o seu cãozinho desenvolva uma pancreatite, ou seja, uma inflamação no pâncreas muito séria!

Alimentos que fazem bem para a saúde do cachorro

cachorro mordendo abóbora

A abóbora é um tipo de comoida para cachorro considerado saudávell.

Agora que você já sabe quais são os alimentos que fazem mal para os cãezinhos, chegou a hora de falarmos sobre os alimentos que podem e devem ser incluídos na dieta do seu pet, se você optar por não dar a ração para cachorro tradicional.

Ficar atento a essas informações é o primeiro passo para saber como fazer comida para cachorro. Então, confira:

Banana

A banana é um dos alimentos naturais queridinhos dos pets. Além de ser uma ótima fonte de energia, essa fruta ainda ajuda na digestão e no sistema de defesa do organismo do seu animalzinho de estimação.

Mas nada de exagerar, o ideal é que os cães comam banana apenas algumas vezes por semana.

Abóbora

Além de ter muitos nutrientes, como vitaminas, proteínas e fósforo, a abóbora possui mais uma grande vantagem: ela pode ser oferecida à vontade para os cães.

Para saber como fazer comida para cachorro utilizando abóbora, aqui vai a dica: tire a casca e sirva bem cozida, quase em ponto de purê!

Brócolis

O brócolis é um alimento que faz superbem para qualquer cachorro, especialmente para os mais velhinhos ou aqueles que estão acima do peso. Isso porque, as suas propriedades – que incluem cálcio, zinco, ferro e diversas vitaminas – controlam a pressão arterial e trazem uma sensação de saciedade.

Batata

A batata é superversártil na cozinha dos humanos e pode ser incluída também no potinho de alimentos do seu cãozinho. Ela é ótima porque possui vitamina C e do complexo B, que ajudam a manter os músculos, ossos e dentes sadios.

Porém, atenção! Por conter muito carboidrato, ela deve ser servida em porções pequenas e em dias variados da semana.

Cenoura

A cenoura é um dos vegetais unanimes entre os cães, afinal, quase todos amam esse alimento, que é uma ótima opção de petisco natural e saudável.

Além de ser uma importante fonte de diferentes vitaminas e nutrientes, a cenoura ainda é superindicada para manter a saúde dos pets em dia e também para limpar os dentinhos e melhorar a mastigação.

Frutas

Acima, nós apresentamos algumas frutas que não podem, em hipótese alguma, serem compartilhadas para o seu pet. Agora, vamos apresentar três opções para você servir separadamente ou em uma deliciosa salada de frutas:

Maçã

Por ser crocante, a maçã costuma agradar bastante os cães. A forma ideal de servi-la ao seu pet é sem o cabinho e sem as sementes. Mantenha a casca e corte a fruta em cubinhos, depois é só deixar o seu bichinho de estimação se deliciar e, de quebra, fortalecer a sua imunidade e regular a sua glicemia.

Pera

A forma correta de servir a pera é a mesma da maçã: sem sementes e cabinho, mas com casca e em cubinhos. Além de ser ótima para o sistema imunológico dos cães, essa fruta também faz muito bem para a saúde do intestino.

Manga

Quer que o seu pet viva por mais tempo? Sirva manga para ele! Essa fruta previne o envelhecimento precoce e ainda ajuda a manter os tecidos conjuntivos saudáveis. Sirva a manga sempre descascada e sem caroço!

Como fazer comida para cachorro

cachorro cheirando comida para cachorro natural

É preciso cuidado ao preparar comida para cachorro.

Você já tem muitas informações relevantes para caprichar nos cuidados com a alimentação do seu pet. Agora, chegou a hora de aprender o principal: como fazer comida para cachorro.

Antes de mais nada é importante lembrar que, para iniciar uma dieta caseira, você deve consultar o veterinário do seu bichinho de estimação. Ele sabe o que é melhor para o seu pet e, por isso, deve autorizar que você faça alterações na alimentação do seu cãozinho, mesmo tratando-se de produtos naturais e saudáveis.

É o veterinário também que irá lhe indicar as necessidades nutricionais básicas do seu cão, para que não haja falta de nenhum tipo de nutriente essencial para a sua saúde.

Com a devida autorização do veterinário, outro ponto importante que deve ser levado em consideração é que o menu do seu pet não pode ser elaborado de forma aleatória. O primeiro passo para saber como fazer comida para cachorro é seguir os itens obrigatórios diários, sempre respeitando as diretrizes gerais de equilíbrio.

A seguir, nós apresentaremos algumas destas regras gerais, porém, o ideal é que você busque a orientação específica para o seu cão com um profissional e também se informe sobre qual o tamanho da porção indicada para o peso, tamanho e nível de atividade do seu pet.

De uma forma geral, o que precisa conter no potinho do seu bichinho de estimação é:

  • 35% de proteína, como carne animal, frutos do mar, ovos ou laticínios;
  • 30% de carboidratos, como grãos e feijões;
  • 30% de vegetais;
  • 5% de vísceras.

Fazer comida para cachorro é o mesmo que fazer comida para pessoas?

filhotes de cachroro cheirando biscoitos caninos

Comida para cachroro não é bem o mesmo que comida humana.

Não! Como você já deve ter percebido, os cães possuem necessidades bem específicas para se manterem bem e saudáveis.
Além disso, como falamos anteriormente, eles não podem comer alho e cebola, por exemplo.

Isso significa que você não pode aumentar a receita da comida do almoço para servir também para o seu pet.

Se você realmente tiver interesse em preparar comida para o seu cachorro, é importante que você esteja disposto a fazer esse alimento com foco total no que que ele pode ou não pode consumir e nos ingredientes que ele precisa ingerir para ter uma dieta equilibrada e saudável.

BARF

Não sabe como fazer comida para cachorro e resolveu investir nos BARFs (Biologicamente Apropriada Raw Food), ou seja, nos alimentos naturais crus? Então, muita atenção!

Essa dieta ganhou muito destaque entre os tutores de cães nos últimos anos. Além de serem práticos, os BARFs resgatam os costumes ancestrais dos animais, que se alimentavam de carnes, grãos e vegetais crus.

Alguns veterinários não veem problema nenhum neste tipo de dieta natural para cachorro e diversos artigos na internet defendem esse tipo de alimentação, e até dão dicas de como montar o menu do seu pet.

Porém, a decisão não é unânime! A AVMA (American Veterinary Medical Association), por exemplo, não apoia o BARF. Para ela, as proteínas animais cruas ou malcozidas possuem patógenos que podem comprometer a saúde do seu cão, bem como transmitir doenças aos humanos.

Como já orientamos acima, o ideal é sempre conversar abertamente com um veterinário de sua confiança e aprender como fazer comida para cachorro da forma correta.

Receita de comida de cachorro

Quer aprender como fazer comida para cachorro, de fato? Então anote algumas receitas e mão na massa! Tem até sobremesa!

Guisado de carne

  • 1 kg de carne moída, frango ou peru
  • 1 batata inglesa, doce, yacon ou inhame
  • 1 cenoura média ou abóbora em cubos
  • 1 xícara de vagem
  • Água

Modo de preparo

  • Refogue a carne em uma panela e não drene a gordura. Se estiver preparando frango ou peru, adicione umas duas colheres de sopa de óleo de coco para incluir gordura na receita;
  • Em outra panela, acrescente os vegetais e água suficiente para cobri-los. Deixe ferver, reduza o fogo e cozinhe os alimentos por 20 minutos ou até que os legumes estejam cozidos;
  • Caso queira dar um sabor, adicione uma pitada de sal marinho.

Depois de pronto, basta deixar esfriar antes de servir para o seu cão. As demais porções, mantenha sempre refrigerada ou congelada.

DICA EXTRA: Você pode variar essa receita, preparando-a com diferentes tipos de carnes e vegetais. Assim, você saberá como fazer comida para cachorro em diferentes opções e ainda poderá sempre oferecer um sabor diferente para o seu pet.

Arroz Festeiro

  • 1 ½ xícara de arroz integral
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 2 kg de peito de peru ou de frango moído
  • 3 xícaras de espinafre picado
  • 2 cenouras picadas
  • 1 abobrinha picada
  • ½ xícara de ervilha (enlatada ou congelada)

Modo de preparo

  • Cozinhe em uma panela grande o arroz com 3 xícaras de água;
  • Aqueça o azeite em outra panela, adicione a carne escolhida e deixe cozinhar até dourar;
  • Junte os legumes e o arroz à carne e deixe cozinhar até que o espinafre fique murcho (cerca de 3 a 5 minutos);
  • Deixe esfriar completamente antes de servir ao seu pet.

Biscoitinho de abóbora

  • 1/3 xícara de água fria filtrada
  • 2/3 xícara de purê de abóbora (preferencialmente das abóboras amarelas ou de pescoço)
  • 2 xícaras de farinha de arroz integral
  • 1 ovo grande (caso seu cão seja alérgico a ovos, deixe de fora da receita)
  • 2 ½ colheres de sopa de óleo de linhaça ou azeite

Modo de preparo

  • Pré-aqueça o forno em 180 °C e unte a forma;
  • Bata levemente o ovo e adicione a abóbora. Mexa até ficar homogêneo;
  • Se você não for utilizar o ovo, apenas alise o purê;
  • Em outro recipiente, misture o óleo de linhaça e a farinha de arroz integral;
  • Junte a mistura de farinha ao purê de abóbora e adicione a água lentamente;
  • Misture bem os ingredientes;
  • Utilize duas colheres para modelar e colocar pequenas porções sobre a forma untada;
  • Leve ao forno de 35 a 40 minutos ou até que o topo esteja bem seco.

DICA EXTRA: A receita rende aproximadamente 24 biscoitinhos. Depois de prontos, deixe esfriar, sirva de petisco para o seu pet e, o restante, armazene em um pote de plástico ou vidro.

Agora é com você! Mostre para o seu pet que você sabe como fazer comida para cachorro e prepare para ele deliciosas receitas. Com certeza, ele vai amar!

Leave a Reply